Skip to Content
avatar image
Former Member

Usando preço bruto ao invés de preço líquido na cotação

Olá,

Estou trabalhando em uma empresa que acabou de adquirir o SAP ERP ECC 6.0. Nossos consultores falaram que o SAP somente trabalha com preço líquido na cotação. Não satisfeito com esta informação, eu procurei na internet alguma informação sobre o SAP e encontrei um artigo na biblioteca SAP que diz o seguinte:

"Entrar o preço líquido por unidade no campo Preço líquido. Esse preço inclui somente os descontos e suplementos normais do fornecedor. Os descontos (para pagamento à vista) e impostos (por exemplo, IVA) são calculados separadamente.

Entrar o preço bruto no campo Preço líquido e atualizar as condições para o item. Em seguida, o sistema substitui automaticamente o preço bruto inserido pelo preço líquido calculado (consultar Como atualizar condições)."

Como infomado, existem duas formas de inserir o preço, ou via preço brutou ou preço líquido. Eu gostaria de saber se existe a possibilidade de configurar os impostos nestas condições para um grupo de material ou para um material e no momento em que o usuário inserir o preço do material na cotação, o sistema automaticamente calcularia o preço líquido.

Se esta possibilidade existe, será que alguém poderia me informar quais as transações que estão envolvidas nesta configuração?

Outra questão é com relação a base de cálculo. Existe no SAP algum lugar onde eu possa configurar a base de cálculo para um material ou grupo de materiais com base nos impostos configurados na transação de manter condições?

Desde já agradeço,

Atc,

Rodrigo Amorim

Add comment
10|10000 characters needed characters exceeded

  • Get RSS Feed

3 Answers

  • Oct 12, 2011 at 01:25 PM

    Caro Rodrigo,

    Vamos lá.

    O SAP trabalha globalmente com preço líquido nos documentos de compras.

    Cuidado com o termo, preço líquido ou preço bruto na biblioteca SAP.

    Preço líquido do ponto de vista de negócios(não Brasil) significa preço menos as dedúções, igual ao que você encontrou na biblioteca.

    Preço bruto, é o preço mais os suplementos de valores + sobretaxas.

    Note que até agora não falamos do conceito brasileiro de preço líquido e preço bruto, pois a biblioteca SAP sempre refere-se a preço bruto e líquido com os conceitos de negócios, vamos dizer...não localizados..não brasileiros.

    Bom, outra coisa, na cotação de MM, você até pode criar um calculation schema, e atrás de formulas, o comprador coloca o preço Bruto (bruto brasileiro que é o preço com todos os impoostos (ICMSIPIPISCOFINSST)) e o sistema atrás da leitura das rotinas de tributação gravadas nas tabelas/registros de condição retorne o valor líquido, ou então neste calculation schema você deixa as conditions de impostos e o usuário entra as alíquotas pertinentes ao material e o sistema deriva o líquido.

    Para isto há um pre-requisito que é trabalhar com o tipo de documento AB , na solic.de cotação, pois ela tem um flag na parametrização que possibilitará o documento usar o calculation schema (T161-STAKO = " "), pois se o campo estiver marcado a pricing std usa condições dependentes de tempo e ai você não conseguirá este efeito de derivar o preço líquido a partir do bruto(com impostos).

    Então os consultores que lhe deram esta informação não estão errados, pois este é o conceito que o SAP trabalha globalmente, e mais uma vez não se esqueça que o conceito de preço líquido e bruto do Brasil.

    Completando a informação da nossa amiga Carla Bússolo, na condição de preço no SAP é possível informar quais impostos são parte do preço líquido, infelizmente isso só é válido para PISCOFINS e ISS , seria fantastico se o pessoal desenvolvesse este mesmo conceito também para ICMS e IPI, e alterassem algumas rotinas para que ao entrar com o preço Bruto no conceito Brasileiro, o sistema entendesse já que há ICMSIPIPISCOFINS.

    Nesta tabela J_1BKON1V, dizemos para que a condição de preço do calculation schema, por exemplo há PIS e COFINS no preço, ai quando você cria um pedido, o líquido ficará R$ 82,00 que é preço líquido de ICMS e IPI , porém contem PIS e COFINS, já se na mesma tabela voce trabalhe com o preço líquido ..líquido mesmo...isso é sem PIS e COFINS incluso, então neste caso o preço seria R$ 72,75.

    Ai a partir dai o sistema iria incluir o ICMSIPIPIS+COFINS e chegará no Bruto, para ser usado na MIRO, que será 110,00 (sendo 18% de ICMS, 10% de IPI, 7,6% de COFINS e 1,65% de PIS.

    Ai se você optar por trabalhar ainda com este calculation schema, e postei um documento no SDN que voce pode baixar pelo link http://www.sdn.sap.com/irj/scn/index?rid=/library/uuid/6050b7b8-abaf-2e10-6e99-dc008de496e7 , pois é uma adaptação pra imprimir os impostos no formulario do pedido std.

    Bom claro que ainda vamos longe se fosse discutir a fundo as possibilidades, mas espero ter dado uma contribuição a sua dúvida.

    abraço,

    Moçatto

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

  • avatar image
    Former Member
    Oct 19, 2011 at 08:04 PM

    Boa Tarde Rodrigo.

    Em nosso caso, temos uma venda onde o preco establecido com o cliente é de $R 1000. Os impostos da venda são:

    ISS (5%), PIS (1.65%), COFINS(7.6%)

    Todos sobre a base de $R1000.

    Nosso procedure é uma copia da RVABRA e o preço é indicado na condição ZPB0 u2013 sem impostos.

    Aplicamos a MP135 e também preenchemos a J_1BKON1V.

    Todos os impostos são calculados sobre preço + ISS

    Base de calculo de ISS: 1000/(1-0.05)= $1.052,63

    ISS: $1.052,63 x 5% = $52,63

    Base de calculo de PIS: $1.052,63

    PIS: $17,37

    Base de calculo COFINS: $1.052,63

    COFINS: $80

    Precisamos que o tipo de condição ICMI tome o valor de $R 1000 (ZPB0), porque esta condição é a base de calculo dos impostos.

    O que pode estar faltando??

    Obrigado

    Santiago

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

    • Former Member

      Ola Santiago,

      Só faz sentido preencher a J_1BKON1V se você tem as taxas inclusas no preço liquido.

      Verifique se a categoria da condição está marcada com "H" na V/06.

      Grato,

      Ruy Castro

  • Aug 30, 2011 at 05:54 PM

    Olá Rodrigo,

    Em relação a dúvida com o preço líquido, você pode controlar como os impostos se comportam em relação ao preço líquido configurando corretamente a tabela J_1BKON1V.

    Nesta tabela são informadas quais condições de preço contém impostos inclusos em seus valores.

    Atenciosamente,

    Carla Kunz Bússolo

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded