Skip to Content
avatar image
Former Member

GRC - Configuração de ambientes de Qualidade e Produção

Boa Noite,

Estou com o seguinte caso aqui em meu projeto.

Eu fui efetuar as configurações na SPRO em Configure System Response for Each Tax Number (CNPJ) e resolvi duplicar o CNPJ para ter a configuração para o ambiente de homologação e Produção. Sendo que ao tentar gravar o GRC me deu uma msg que eu não poderia gravar porque o sistema não permite que eu tenha dois CNPJs configurados.

A minha idéia era manter ambos configurados no GRC e com isso para os sistemas de desenvolvimento e qualidade eu usaria o canal de homologação porque no SAP estaria enviando para o sistema de homologação e em produção iria enviar para produção pq o SAP estaria mandando certo também.

Um ponto que eu estou tendo aqui é que, em outros projetos eu resolveria isso facilmente criando uma outra request com as configurações para qualidade que seria rejeitada nesse ambiente, mas aqui isso não é possível pois o cliente não rejeita requests em qualidade.

Outra solução seria criar uma transação para atualizar esses dados que foi rejeitada por eles tb.

Eu já procurei nota sobre o assunto e não achei , alguém tem alguma informação sobre o assunto? Ou idéia?

Abraços

Fabricio

Add comment
10|10000 characters needed characters exceeded

  • Get RSS Feed

5 Answers

  • Sep 01, 2010 at 12:19 AM

    Bom dia Fabricio,

    Esta customização de dois ambientes para um CNPJ não é possível, e nem necessária. Este campo está em desuso atualmente.

    Quem comanda o ambiente de destino é o ERP pelo campo de ambiente que na interface é o tpAmb, conforme customizing do

    local de negócios.

    Para o GRC estar apto a enviar para qualquer um dos dois ambientes ( o que o ERP mandar ), é necessário customizar o check de status service para os dois ambientes e manter as configurações no PI para homolog e production.

    Observação: Nos ambientes DEV/QAS mesmo que configure os communication channels de production evite colocar a URL de produção da Sefaz para evitar problemas fiscais de ambiente ERP DEV/QAS emitindo notas contra Sefaz PRD.

    Atenciosamente, Fernando Da Ró

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

  • avatar image
    Former Member
    Sep 01, 2010 at 12:25 PM

    Complementando o que o Fernando informou, nao aconselho a usar o mesmo ambiente de GRC para DEV e PRD, isso tornara a busca de dados confusa e caso seja necessario alguma customizacao ou testes de mudanca de interfaces, como esta ocorrendo com o XML 2.0, tornara instavel o ambiente produtivo.

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

  • avatar image
    Former Member
    Sep 01, 2010 at 02:24 PM

    Fernando,

    Eu fiz o teste aqui e funcionou realmente, pegadinha da SAP essa, só fiz a configuração do serviço como você falou..

    Quando a configuração do PI, eu fiz essa recomendação a equipe de PI de onde eu estou mas eles vão deixar com os dois Channels até a última informação, mas eu avisei.

    O problema é que isso poderá ocorrer durante o refresh do ambiente quando qualidade e dev ficará configurado com 1 no ECC na filial, se eu criar uma NF-e nesse momento de teste ela vai parar em produção.

    Eles estão pensando em um desenvolvimento para funcionar certo na qual eu não acho uma boa idéia, mas ainda vou tentar convence-los a pelo menos ter uma transação Z para só mudar a configuração de 1 para 2 e isso passaria fazer parte do procedimento de BASIS durante o refresh do sistema.

    Obrigado ai pela ajuda de vcs

    Att

    Fabricio

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

  • avatar image
    Former Member
    Sep 01, 2010 at 02:32 PM

    Carlos,

    Sua informação é interresante e importante pra mim, estamos colocando a versão 1.0 agora na próxima semana e depois vamos partir para a 2.0 para colocar em até 2 meses.

    Essa informação será boa para usar nesse projeto.

    Pra mim tinha q ser tudo separado, dev e qa com as suas e produção só com a dela, mas aqui eles não querem isso por conta dos procedimentos de refresh de cada servidor.

    abs

    Fabricio

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

    • Former Member

      O melhor seria vc ter ambientes separados de DEV e PRD, inclusice 'e o que a SAP recomenda, entenda, imagine a quantidade de dados que vc vai ter no servidor que vai estar usando apra os dois ambientes, ou pior, imagine no monitor do GRC a quantidade de dados sujos ( de testes ) que vc vai ter misturado com os dados de producao.

      Essas coisas devem ser havaliadas sempre antes dessa decisao, usar o mesmo ambiente PI GRC para producao e DEV 'e inviavel a meu ver

  • avatar image
    Former Member
    Sep 01, 2010 at 03:02 PM

    Ambientes separados eu terei sim, o que eu não terei é configurações distintas para cada ambiente. Eu vou acabar tendo DEV e QA com configurações iguais as de PRD em algum momento por conta do refresh do sistema.

    Essa solução q estamos estudando, ainda mais q eu não posso mandar uma request para configurar dev e qa e rejeita-la e tb não posso criar uma transação Z para atualizar os dados.

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

    • Quando a configuração do PI, eu fiz essa recomendação a equipe de PI de onde eu estou mas eles vão deixar com os dois Channels até a última informação, mas eu avisei

      - Não há problema em deixar com os dois CC's, porém nos ambientes GRC DEV/QAS coloque URL's da Sefaz de homologação nos canais de produção. Com isso mesmo com o refresh do ERP QAS com configurações temporariamente produtivas, caso o ERP QAS queira mandar para produção enviará para a SEFAZ homologação causando uma rejeição apenas, sem problemas fiscais.

      - Só pra constar que neste ponto também tem o destino das RFC's em QAS que devem apontar para o GRC QAS, pois se mandar para o GRC PRD poderá ir pra PRD.

      - Este desenvolvimento é uma boa no caso do refresh do ERP QAS

      Quanto ao refresh, só faz sentido fazer refresh no QAS ERP.

      No GRC nem faz tanto sentido visto que os dados de GRC PRD nem são necessários num GRC DEV/QAS.

      Pelo que entendi você terá dois ambientes GRC separados, mas aproveito a questão levantada para enfatizar:

      NUNCA FAÇAM ISSO.

      NÃO HÁ COMO VOCÊ EVITAR PARADA DE PRODUÇÃO caso desenvolva no mesmo sistema.

      É uma questão de lógica simples, como você vai desenvolver/testar na máquina de produção?!?!?!? Só se o mundo da informática com seus produtos e consultores fosse perfeito 100% acertivo. Daí praque teste?

      Atenciosamente, Fernando Da Ró