Skip to Content

GRC Subcontratação - NFe Referenciada

Boa tarde Pessoal!

Preciso da ajuda de vocês, já li várias threads e não encontrei esse tópico.

Estamos testando o processo de subcontratação no GRC Inbound, e nos deparamos com um problema relacionado a NFe de referência.

O fornecedor está enviando as chaves de acesso das notas de referência no XML, conseguimos visualizá-las no GRC aba "REFERENCIAS", ok.

Nossa dúvida está em:

No ECC o material fica com status de em poder de terceiros aguardando o retorno.
Com a entrada da NFe o material é consumido e apontado o novo item em estoque.

Mas temos vários envios para vários fornecedores podendo ser o mesmo material, com retornos parciais.

Alguém saberia explicar como funciona esse processo pelo INBOUND?

Grata e no aguardo
Jossiane

Add comment
10|10000 characters needed characters exceeded

  • Get RSS Feed

3 Answers

  • Best Answer
    Dec 01, 2016 at 02:44 AM

    Jossinae,

    Precisa desenvolver esse controle, o standard não faz isso., seja com GRC ou não.

    A medida que é feito o envio ao fornecedor (541), a tabela MSLB é alimentada de uma maneira acumulativa. No retorno simbolico dos componente o saldo da MSLB é consumido de acordo com as quantidades do tipo de movimento 543.

    Abs,

    Fabio

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

  • Nov 29, 2016 at 12:54 AM

    Jossiane,

    O GRC verifica se há estoque em poder de terceiros na tabela MSLB e faz os consumos parciais.

    A atribuição dos componentes é feita na inbound delivery (tabela componentes - LECOMP).

    Obs.: a BF LOG_MM_OM_1 deve estar ativada para atender o processo standard de Subcontratação via NFe Inbound (GRC).

    Se os os seus componentes forem controlados por lote, você precisa codificar a determinação do lote para os componentes, o standard não determina.

    Abraços

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

  • Nov 29, 2016 at 10:56 AM

    Olá Fabio

    Obrigada pela contribuição.

    Mas como vocês controlam os retornos VS NFE enviada?

    Para você entender nosso cenário, nós temos que confrontar a quantidade que enviamos em uma determinada nota fiscal com a quantidade que o fornecedor está retornando referente essa mesma NFE, a fim de garantir que ele nos retorne o saldo total das notas fiscais, nem a mais nem a menos. Concluindo assim os documentos fiscais junto ao físico.

    At
    Jossiane

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded