Skip to Content

Isenção de ICMS para compra de consumo

Olá,

Após diversas tentativas de definição do imposto venho perguntar se há alguma forma de fazer o cenário solicitado pelo usuário:

Para um determinado consumo de material, usuário deseja que o SAP lance o mesmo valor da MIGO na MIRO ao comprar um material de consumo, destacando a alíquota na nota fiscal.

Isso se faz necessário por uma obrigação fiscal que necessita determinar a alíquota e o valor fiscal do imposto na entrada e na devolução(quando necessário) porém de forma destacada, sem cobrar o valor de fato. Além disso o mesmo necessita que ambas os lançamentos sejam lançados no livro fiscal de entrada como 3(Operação sem crédito de imposto).

Como solução foi tentado na TAXBRA:

1 - Definir o tipo de condição de ICMS como estatístico(no tipo de item da nota fiscal).

2 - Criar novo tipo de condição baseado no ICM0(adicionado na pricing), trocando o mapping da nota fiscal. Isso impossibilitou o lançamento de base reduzida, pois o SAP não reconheceu mais as condições ICOP e ICOX determinadas no IVA.

3 - Criação de novo tipo de condição baseado no ICM2(adicionado na pricing), porém obrigatoriamente o sap adiciona a alíquota ao montante fazendo com que o valor pago ao fornecedor seja maior.Além de impactar no valor base da base reduzida calculando a maior.

Alguém já fez um cenário de consumo onde o valor liquido do pedido, o da migo e o da miro sejam idênticos, sem cobrança de impostos(apenas destaque da alíquota e valor fiscal na nota de forma "estatística") e com lançamento sem tomar crédito no livro fiscal de entrada?

Add comment
10|10000 characters needed characters exceeded

  • Get RSS Feed

1 Answer

  • Oct 19, 2016 at 03:59 PM

    Olá a todos,

    Apenas atualizando o histórico, para futuras consultas.

    Como solução foi criado um novo tipo de condição do tipo imposto, adicionado a pricing(TAXBRA) nos mesmos moldes do ICM2, alterado o mapping de nota fiscal do tipo de condição e após isso adicionado em um novo IVA.

    O processo ficou com a entrada com código C1 e devolução com o novo código IVA. Entendo que o correto pelo standard é fazer a entrada e a devolução/cancelamento com o mesmo iva, porém para esse cenário fiscal não foi possível.

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded