Skip to Content

Convênio 52/2017

Olá pessoal,

Estou fazendo uma avaliação para o Convênio 52/2017 e há uma questão referente ao ressarcimento do valor da Substituição Tributária que ouvi falar que, em devoluções interestaduais parciais, deve haver 2 Notas fiscais. A 1a relacionando só dados do material e ICMS. E a 2a só com o valor da Substituição Tributária, para posterior solicitação de ressarcimento junto ao governo.

Ouvi falar que no Rio Grande do Sul já desenvolveram uma solução para tal.. Por acaso alguém já ouviu falar dessa solução? Gostaria de saber mais a respeito.

Obrigado,

Add comment
10|10000 characters needed characters exceeded

  • Get RSS Feed

1 Answer

  • avatar image
    Former Member
    Nov 02, 2017 at 10:59 AM

    Renato
    Nos casos especificados na lei, a legislacao do RS preve que o cliente emita 2 notas. Eu nao sei como isso se relaciona ao Convenio 52, mas segue os detalhes abaixo. Tambem veja as informacoes no site https://conteudo.precocerto.co/ressarcimento-de-icms-s-t/

    Na devolução de mercadoria sujeita a substituição tributária o mesmo deverá emitir nota de ressarcimento do ICMS-ST conforme disciplina o art. 25 do LIVRO III do RICMS/RS:

    Art. 25 -Na devolução de mercadoria alcançada pelo regime de substituição tributária, o estabelecimento destinatário deverá:

    I -emitir
    Nota Fiscal para documentar a devolução das mercadorias;
    II -adjudicar-se do imposto destacado na
    Nota Fiscal de aquisição relativo ao débito próprio do substituto tributário, proporcional às mercadorias devolvidas, mediante emissão de Nota Fiscalespecífica para este fim;
    III -emitir
    Nota Fiscal para fins de restituição do imposto relativo ao débito de responsabilidade por substituição tributária, em nome do estabelecimento que tenha efetuado a retenção e no valor do imposto retido, proporcional às mercadorias devolvidas.

    § 1º -As Notas Fiscais referidas nos incisos II e III deverão conter, além das indicações exigidas na legislação tributária, o número e o emitente da
    Nota Fiscal de aquisição das mercadorias devolvidas e o número da Nota Fiscal referida no inciso I relativa à devolução.

    Att,

    Felipe Nyitray

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded