Skip to Content
1

ICMS não calculado em débito posterior quando categoria de NF é de CTE

May 17, 2017 at 05:25 PM

346

avatar image
Former Member

Olá pessoal, boa noite!

Gostaria da ajuda de vocês. Estou com um problema de lançamento de débito posterior de frete nacional em um pedido de compra de matéria prima importada (apesar que o problema também ocorre com pedido nacional).

Ao fazer uma MIRO de débito posterior com referência a pedido de matéria prima,

para pagamento de frete nacional, altero o IVA para o IVA de frete, que tem a condição ICM1 ativa, o ICMS é calculado ok, porém, quando coloco a categoria de NF de CTE (tipo de doc 7 - conhecimento de várias NFs), o imposto deixa de ser calculado. Se coloco uma categoria de NF com tipo de doc 1 - Nota Fiscal), o imposto é calculado corretamente.

Tentei até alterar o IVA, ativando a condição CIC1 e desativando ICM1 (aqui não usamos as condições específicas de conhecimento, mas fiz as configs e testei), porém, o ICMS não é calculado, independente de ter ou não uma ctg NF, ou de ser de frete ou NF.

Alguém já passou por isso?

Estamos no EHP8 - TAXBRA.

Desde já, muito obrigada!

Michele

10 |10000 characters needed characters left characters exceeded
* Please Login or Register to Answer, Follow or Comment.

4 Answers

avatar image
Former Member Nov 09, 2017 at 12:52 PM
0

Hello Michele,

I am facing the same issue. DId you get to solve it?

Would you mind sharing the solution?

Thanks and best Regards,

Abe

Share
10 |10000 characters needed characters left characters exceeded
avatar image
Former Member May 10 at 05:31 PM
0

Olá Pessoal, boa tarde!

Estou com um caso semelhante.

Já estamos no EHP8 e em produção é possível criar uma nota de débito posterior com uma categoria de nota fiscal cujo o modelo é 57 e o ICM2 (ICMS não dedutível) está sendo calculado corretamente.

Estamos em fase de testes da nova vesão da NF-e 4.0 e estamos enfrantando esse problema. Quando tentamos criar uma nota de débito cuja categoria de nota fiscal o modelo é 57 o ICMS não é calculado. No entanto, se uso uma categoria com o modelo 8 - Conhecimento Rodovíario, o ICMS é calculado.

Alguém já passou por essa situação e conseguiu uma solução?

Desde já, agradeço.

Ana

Share
10 |10000 characters needed characters left characters exceeded
Marcelo Morgenstern May 19 at 01:20 PM
0

Michele, bom dia!

Estou com este mesmo problema, você conseguiu resolver ?

Se sim, poderia compartilhar?

Atenciosamente!!

Morgenstern

Share
10 |10000 characters needed characters left characters exceeded
Patricia Eidelwein
Jun 04 at 06:49 PM
0

Ola Pessoal,

Esse problema é reportado com frequência ao suporte da SAP.

É comum se confundir pois atualmente há os tradicionais cenário de frete que sempre existiu com a solução de localização MM e também há o CT-e. Muitos dos problemas reportados é devido a mistura dos cenários tradicionais com o CT-e.

Vou tentar resumir os questionamentos que vi nesse post:

Michele:

Se você está utilizando as opções abaixo -

  1. Débito posterior de frete - MIRO opção 3 - débito subsequente
  2. Tipo de NF, modelo 57
  3. E o CTe switch estiver ativo (verifique na tabela J_1BSWITCH se você tem a entrada CTE_2012).
  4. Requer a cobndição CIC* no IVA.
  5. Se não, ICM*

Ana:

Sua produção e o sistema onde estão testando a 4.0 estão na mesma versão?

Verifique se a funcionalidade do CTe consta na tabela J_1BSWITCH.

Se estiver ativo você tem as duas opções abaixo:

Débito posterior, cuja NF modelo é 57 o sistema espera que você use um IVA com a condição CIC*.

Débito posterior, cuja NF modelo é não eletrônico, como o modelo 8, o sistema espera a condição ICM*.

Morgenstern:

Veja respostas acima.

Post sobre cenário de frete planejado - https://wiki.scn.sap.com/wiki/x/doY_E

Post sobre cenário de frete não-planejado - https://wiki.scn.sap.com/wiki/x/CIY3E

Post sobre cenário de CT-e - https://wiki.scn.sap.com/wiki/x/rp59Gg

Att,

Patricia

Share
10 |10000 characters needed characters left characters exceeded