Skip to Content
0
Jul 12, 2019 at 04:10 PM

Recebimento de remessa para industrialização, e devolução da mercadoria não utilizada

717 Views

Olá segue um explicação dada por um usuário da comunidade, porém ele dá a visão de quem envia a materia prima para industrialização por terceiro, mas no nosso caso somos o terceiro, que recebe a mercadoria industrializamos e as vezes acorre de sobra o produto então temos que emitir nota fiscal de venda (saida) + nota fiscal de retorno de mercadoria não utilizada na industrialização, só que nem toda vez eles pedem que devolvemos acontece deles pedirem 3 4 6 meses depois a mercadoria que sobrou daquela remessa. Trabalhamos a bastante tempo com esse cliente. Como realizar essas movimentações no SAP.

Exemplo do usuário:

Marcos, eu trato este processo da seguinte forma:

1) Procedimento normal de compra da matéria prima; (alimenta o estoque)

2) No formulário Devolução de mercadoria, gero uma nota de remessa da matéria prima para o fornecedor que industrializará o produto, nesta NF utilizo um depósito de envio direto para não contabilizar nenhuma movimentação do estoque;

3) Crio um depósito de terceiros no SAP para compor o estoque que a empresa tem disponível em poder de terceiros para atender a legislação fiscal - SPED;

4) Gero uma transferência de estoque do depósito que ele estiver (matéria prima) para este depósito de terceiros;

5) Quando a mercadoria retornar; o fornecedor normalmente envia duas notas fiscais, a primeira lanço como Recebimento de Mercadoria copiando os dados da Devolução de Mercadoria também utilizando o depósito de envio direto;

6) A segunda nota referente ao serviço de industrialização, lanço normalmente pela NF de Entrada gerando contas a pagar e movimentando um item sem estoque para contabilizar a despesa do serviço contratado - Este item deve ter o custo padrão para compor a estrutura de produto e agregar custo ao produto industrializado (este custo deve ser atualizado de acordo com o valor do serviço/custo a ser agregado ao item;

7) Crio uma estrutura de produtos para o produto industrializado usando como insumos a matéria prima e o serviço cobrado pelo fornecedor;

8) Transfiro o estoque do depósito de terceiros para o estoque de matéria prima;

9) Efetuo a produção do item baixando os insumos e entrando com o produto acabado cujo custo será calculando incluindo o valor do serviço informado no cadastro do mesmo.

No processo descrito, não entrei nos méritos de criação de cotação nem de pedido, pois nem todo cliente passa por estas etapas, então foquei nos pontos que são relevantes para a operação Espero ter ajudado.

Quaisquer duvidas estou à disposição.