Skip to Content

Entrada de CT-e - Exceções dinâmicas de ICMS na PO diferente da MIRO

Olá.

Estou implementando a entrada do CT-e, utilizando como base a SAP Note 1690196 (e suas notas relacionadas).

Problema: Exceção dinamica para ICMS no pedido de compras diferente da exceção encontrada na MIRO. Na PO considera o estado do Fornecedor da mercadoria e na MIRO pega o estado do fornecedor (transportadora do pedido de compras).

- - - x - - -

Criei um esquema de cálculo de preços novo somente para utilização da entrada de CT-e. A intenção é fazer associação com todas as transportadoras do cadastro de fornecedores.

Ativei a condição CONH e os cálculos na PO foram feitos corretamente.

Determinou a exceção correta considerando :

Ship From: o estado do parceiro fornecedor da mercadoria (AL-Alagoas) (função FM na aba de parceiros no cabeçalhos) e

Ship To : o estado onde a mercadoria será entregue (TO) Codigo Domicilio Fiscal da aba fatura.

Salvei o pedido de compras, fiz o aceite da folha de serviço. Até aí, tudo OK.

Quando estou fazendo a MIRO, vou verificar a exceção encontrada pelo sistema no botão nota fiscal, aba impostos, botão "Exibir condições impostos" a exceção que o sistema considera é :

Ship From: o estado fornecedor do pedido, no meu caso a transportadora (SP-São Paulo e

Ship To : o estado onde a mercadoria será entregue (TO) Jurisdiction code da aba fatura.

Alguém já passou pelo mesmo problema e consegue me ajudar ?

Obrigado.

CT-e a003.png (120.7 kB)
CT-e a002.png (196.4 kB)
CT-e a001.png (134.0 kB)
Add comment
10|10000 characters needed characters exceeded

  • Get RSS Feed

2 Answers

  • Mar 08, 2016 at 03:42 PM

    Esqueci de mencionar.

    Dados da versão SAP:

    SAP_APPL 617 0008 SAPKH61708 Logística e contabilidade
    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

    • Former Member

      Olá Maurício!

      Pesquisando um tópico quanto a função parceiro X impostos no Pedido encontrei seu tópico. Não sei se já resolveu o seu problema, mas segue uma dica para sua análise.

      Na configurações da Categoria de Nota Fiscal tem o campo TAX SHIP-FROM onde você define o

      Código para determinar o domicílio fiscal emissor

      Este campo controla a definição do código do domicílio fiscal emissor, que influencia as taxas de imposto.

      Além disso, determina qual fornecedor será considerado como parceiro de negócios principal (e como tal entrado no cabeçalho da nota fiscal).

      Espero ter ajudado.

      Ana Flávia.

  • Aug 08, 2016 at 11:46 PM

    Maurício, estou com o mesmo problema. No meu caso é no lançamento de uma CT-e referente a uma venda, onde a origem é da planta fornecedora (BA) e o destino é RN. Contanto ao lançar a MIRO, a origem é tomada pelo fornecedor de serviço, que se encontra em SP.

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded