Skip to Content
avatar image
Former Member

GRC NFE IN - Recebimento de NFe duplicada (XML único) - Erros na SM13

Olá pessoal, bom dia.

   Podem me ajudar por favor?

   Verificamos que o GRC de entrada está gerando alguns lançamentos de MIRO/NFe em duplicidade. Não ocorre em um cenário específico, o que dificulta a reprodução do erro

   Basicamente o mesmo XML gerou duas MIROs exatamente iguais, com diferença de 20 segundos na gravação do registro.

   Alguém já passou por esse erro? O cliente utiliza o GRC 10.0 integrado a versão 4.7 do SAP...

   Ainda não sei se existe uma relação, mas encontrei alguns erros de atualização parados na SM13. Nesses casos o erro ocorreu no lançamento físico (onde o log do GRC foi atualizado com número do documento EM gerado, porém o mesmo documento não foi criado no SAP).

   Analisando o erro na SM13, identificamos que a causa do erro é "MESSAGE_TYPE_X".

   Alguma dica ou sugestão?

Abraço

Edson

Add comment
10|10000 characters needed characters exceeded

  • Get RSS Feed

1 Answer

  • Aug 15, 2013 at 01:56 PM

    Bom dia Edson,

    Dê mais detalhes sobre esse erro. Ao executar que função ocorre? Tem um dump code?

    Veja na RSRFCTRC do SAP NFE se tem alguma informação a adicionar (ctrl F e procure por J_1B, depois veja se a mensagem de erro ajuda).

    Veja também dentro da data/hora logs do app server (SM21) no caso ERP.

    De qualquer forma essa que encontrou no SM13 deve ser a fonte mais quente.

    Atenciosamente, Fernando Da Rós

    Add comment
    10|10000 characters needed characters exceeded

    • Bom dia Edson,

      O procedimento de uma pessoa fazer tudo não é em si problemático.

      Por ser feito bem rápido já que o usuário sabe que a outra ponta fez o serviço, pode aí ter um cenário de erro difícil de reproduzir. É importante capturar a fonte do problema para adicionar os tratamentos necessários.

      Sugiro que continue suas investigações com os experts locais e após um melhor conhecimento do comportamento abrir um chamado à SAP com a reprodução.

      Atenciosamente, Fernando Da Rós